segunda-feira, setembro 04, 2006

Difícil....


Difícil entender os outros. Difícil entender o que vai na alma de cada um. Difícil de entender o que procurar e onde. Difícil entender o que se deve ou não dizer. Difícil entender como é que deve agir. Difícil entender o porquê. Difícil entender o que queremos. Difícil perceber o que fazemos. Difícil saber o que não se sabe. Difícil adivinhar o que não se pode adivinhar. Difícil explicar o que nós próprios por vezes não entendemos. Difícil nos ouvir. Difícil escolher o que por vezes não tem escolha. Difícil aceitar o que não queremos aceitar. Difícil ficar parado quando não queremos. Difícil esperar. Difícil ter que mentir quando a verdade magoa. Difícil ter que a repetir para que pareça verdade. Difícil caminhar em busca da montanha e não dar importância as pedras do caminho. Difícil não poder rejeitar a tristeza. Difícil esquecer o que não se quer. Difícil dizer que não quando se quer dizer sim. Difícil aceitar que é difícil!!!
Mas se não houver dificuldade será que estamos no caminho certo?!!

2 comentários:

Patrícia Cardoso disse...

(...)Quando todos vao dormir
é mais facil desistir,
Quando a noite esta a chegar
É dificil nao chorar.(...) Pedro Abrunhosa - É Dificil

Luís Rosa-Mendes disse...

Pois é Sophia, o Abrunhosa é fantástico a dizer-nos coisas. Pena é esquecermos umas para nos lembrarmos apenas das que nos convém. Ele também disse "abraça-me esta noite/que amanhã não estou aqui...". Já pensaste quantas dificuldades não conseguiriamos ultrapassar se pensassemos em abraçar quem nos ama e que, amanhã, não vai estar aqui?