sexta-feira, fevereiro 13, 2015

Euzinha!

Hoje apetece-me falar de mim.
Penso que todos as vezes deviam de fazer o mesmo nem que seja para quando se sentem confusos possam voltar a ler e encontrarem-se.

Nasci num bairro,com muito orgulho, parte de mim estará sempre no bairro alto.
Pela liberdade que tinha. Por nunca estar só nem me sentir só. Por ter brincado na rua. Por ter o jardim são pedro de alcantâra como ponto de encontro.
Pelas noites de verão em que tinhamos a liberdade de ficar até tarde. Confesso que sentia-me bem por estar à noite na rua!!! Para mim,agora posso comparar o que sentia,era como se tivesse saído à noite.
Posso dizer que tive uma infância/adolescência super feliz!
Maria rapaz. Gostava de jogar à bola. Muitas vezes ou melhor quase sempre eu e a tânia eramos as únicas no meio de rapazes. Eramos umas autênticas rapazolas. Não se podia pedir muito quando crescemos no meio de 4homens!
Gostava de brincar. Gostava de me rir. Era feliz

Cresci.....

Quando saí do bairro é que tive a verdadeira consciência de mim como ser-humano. Até lá continuava a ser aquela miúda maria rapaz.
Começei a trabalhar. Algo que na altura todos desejavamos ter 18 anos.
Logo depressa arrependi-me de ter pensado tantas vezes "nunca mais tenho 18 anos" loool
Cometi erros atràs de erros. Erros que me transformaram. Mudei. Deixei de ser a Sofia que vestia as roupas dos irmãos e ia jogar à bola.
Sofri. Chorei. Ri. Revoltei-me.

Hoje com 33 anos ..

Continuo a ser a mesma Sofia mas mais madura. Aliás acho que por vezes sou madura demais para a idade que tenho comparativamente a muita gente.

Esta sou eu :
Grito quando tenho que gritar.
Odeio injustiças.
Odeio traiçoēs.
Odeio pessoas que se acham mais espertos que os outros.
Gosto de rir. Gosto de brincar. Gosto de palhaçada. Sou apaixonada. Sou romântica e fria ao mesmo tempo.
Quando gosto de uma música tou sempre a ouvi-la até me cansar.
Vou à luta. Conquisto. Sou bicho carpinteiro. Sou impulsiva. Gosto de uma boa discussão. Não gosto que mandem em mim.
Sou pessoa de virar costas se tiver infeliz.
Não sou pessoa de aguentar nada só porque fica bem.
Tenho mais paciência agora.
Gosto de estar com amigos. Gosto de fazer e ir a jantaradas. Gosto de praia. Gosto do mar. Gosto de dançar. Gosto de trabalhar. Sou forreta. Sou sonhadora.
Gosto de andar bonita mas também gosto de borrifar-me para a imagem (tem dias e estados de espirito).
Gosto de fazer tudo ao mesmo tempo (às vezes não dou conta do recado)
Gosto de ler. Gosto de filmes românticos. Gosto de animais e dormir com eles.
Tenho dificuldade em mostrar-me. Tenho dificuldade em dar um abraço a uma amiga quando às vezes até me apetece(lado frio).
Esqueço-me dos aniversários e coisas agendadas.
Gosto de acordar cedo. Sou bruta. Viro costas e às vezes prefiro não resolver o problema simplesmente apagá-lo .
Esqueço-me de responder as mensagens.
Sou viciada em chocolates! Gosto de ser conquistada. Gosto que me escrevam coisas bonitas mas tenho dificuldade de as escrever!
Tenho sempre medo de magoar alguém. Tenho pena de toda a gente que esteja com problemas,vivo para eles.
Gosto de ajudar. Nao gosto que me confundam  de otária por estar ajudar.
Sou uma excelente observadora quer  visualmente ou através da escrita....
Sou sensível. Acima de tudo sou HUMANA....

Bem acho que não me esqueço de nada.

terça-feira, fevereiro 10, 2015

Vida a dois

Não é fácil... 
Depois do que tenho "vivido " cheguei à conclusão que é melhor lutar para que o barco não se afunde do que vê -lo partir e nada fazer....
Quero sentir que tentei e quero conseguir puxa-lo para a terra...

segunda-feira, fevereiro 09, 2015

Sem sentido...

Sinto-me neste momento incompreendida...
Passei uma fase a pouco tempo o tanto ó quanto complicada de gerir...
Imaginem uma porta diferente!
Dois lados verticais  e um lado horizontal...
Eu tive sem o lado horizontal durante 2 anos.
Ou melhor ele estava lá, eu é que não o via. Sei que o lado horizontal esteve ausente inconscientemente. Acredito.
O lado horizontal é que no meio de tanta inconsciência não reparou que eu estava a ir....
Foram 2 anos que a porta esteve completamente desamparada.
Tanto tempo fez  que a porta habituou-se a viver com a ausência do seu "tecto". O seu lado horizontal.
Apanhou chuva.
Frio.
Gelo.
Ficou doente .
A porta já de sim não acredita na frase "é para sempre.
Não acredita que o amor suporta tudo.
A porta aprendeu a viver sem "tecto" mas a sentir na mesma a falta do lado horizontal.
A sentir o amor.
Imaginem um sem abrigo.
Ele não queria ir para a rua. Ele queria um lar. Amor. Atenção. Dedicação.
O tempo foi passando e hoje esse sem-abrigo continua a querer na mesma o amor, a dedicação , atenção. Simplesmente o tempo que passou ele "aprendeu" a viver assim. Mesmo querendo e não querendo.
A cabeça do Ser-Humano não é fácil.
Muitos tornam-se egoístas.
A porta...está cansada....fraca....a porta esteve dois anos sem o lado horizontal.
O lado horizontal aparece e quer que a os lados verticais esqueçam tudo e finjam que foram 2 dias e não 2 anos.
O lado horizontal passou a ser egoísta.
Os lados verticais suportaram as tempestades sem se queixarem.
Quando se queixaram já estavam cansadas...
Os lados verticais  primeiro precisam-se encontrar...precisam de tempo para curar o tempo que tiveram "doentes"...
O lado vertical pensa de forma diferente dos lados horizontais .
O lado horizontal é que se esqueceu que se os lados verticais não estivessem lá também,a porta deixaria de existir e era apenas mais um espaço para passar sem ter que abrir e fechar....

quinta-feira, fevereiro 05, 2015

Unhas...

Penso que quase todos sejam da minha opinião.....HOMENS COM UNHAS GRANDES NAAAAAAO!

Assunto sério!

Quem é que vai para uma consulta e quando está prestes a chegar lembra-se de confirmar o horário e repara que a consulta é dia 18?????