quinta-feira, maio 04, 2006

Todos merecem um sorriso...

Hoje a minha viagem para casa de comboio foi um pouco triste…

Vinha muito bem sentada a ouvir uma música, quando algo, que não sei explicar, me levou a olhar para uma Senhora de idade que ia em pé…reparei que trazia ao peito um autocolante do Hospital Amadora Sintra. Aqueles autocolantes que se põem nas urgências com uma bola de cor consoante a prioridade.
Tinha um olhar triste…rugas carregadas de vida…e um olhar repleto de tristeza…um olhar vazio…ia pensativa…
Dei por mim, a olhar para a Senhora e tentar imaginar qual seria a sua tristeza.
No meio de todas as minhas observações em torno daquela Senhora, nem me lembrei de oferecer o meu lugar, já estava a senhora que ia à minha frente:
- Quer sentar?
- Não, muito obrigada, vim agora do hospital e estou cansada de estar sentada
Tinha uma voz doce…e um sorriso meigo…
Senti uma tristeza que não sei explicar, tristeza por saber que naquele preciso momento vinha uma senhora de idade sózinha de um hospital.
Os filhos? Será que tem? Será que é mais uma pessoa, entre muitas, que se juntam com a solidão ao fim de tantos anos de vida?
Senti uma vontade enorme de perguntar se necessitava de alguma coisa, se queria falar…sei lá…qualquer coisa que pudesse naquele momento transformar a dor que era visível no seu olhar…
Acho que todos merecem um sorriso…
Eu sorri para aquela Senhora com um olhar meigo…com olhar de quem a queria ajudar…com um olhar de quem estava preocupada com ela…
Quem sabe, se essa Senhora também pensou na menina que sorriu para ela, com um sorriso cheio de meiguice…quem sabe…

4 comentários:

Luis disse...

As vezes também me acontece isso, até chego ao ponto de evitar olhar para essas pessoas porque isso invade-me por um sentimento muito forte de.. compaixão e se for um daqueles dias ainda fico mais em baixo por causa disso.

Cocas disse...

Acho que foi o que me aconteceu ontem...:(

Luis disse...

As vezes ser um pouco impressionável torna-se muito chato...

sérgio disse...

Continuas a mesma pessoa fantastica e maravilhosa!