sábado, maio 06, 2006

O meu cão!!

No natal de 2001 um amigo diz-me que tinha uma prenda para mim, fiquei eufórica e perguntei logo:
-O que é?!
-Sofia depois vês, mas tenho a certeza que vais gostar.
-Quando e que me trazes?
-Não sei amanhã ou depois.
-Ok, fico a espera...


Estava muito bem no meu local de trabalho, quando vejo uma coisa peluda com uns olhos brancos a entrar pelo o estabelecimento todo contentinho da silva..
-Tão lindo é teu?
-Não Sofia…
-Então? Que coisa mais linda…olha gostou de mim não me larga!!!
-Ainda bem…é a tua prenda!!!
-A minha prenda??
-Sim a surpresa que tinha para ti era esta, a pessoa que o tinha ia manda-lo para o canil porque ele dá-lhe cabo da criação “galinhas”.
-Não posso aceitar…a minha mãe não quer mais cães…e eu também não o posso ter.
-Oh Sofia, fica com ele, lembrei-me logo de ti…
No meio de tantos “não posso”, “o que é que eu vou fazer”…lá acabei por ficar com a minha nova companhia…Toffy.

Hoje não me arrependo nem um pouco ter ficado com ele, foi-me oferecido numa fase má da minha vida…foi a minha companhia…e continua a ser a minha companhia…
Foi campeão de beleza!!! Tem uma cor invulgar, pelo branco em tons de castanho…é lindo!!
Apesar de me dar muito trabalhinho com o pêlo…dá-me muitas alegrias!!!
Bem a pouco tempo soltou um ladrar meio uivado…ainda dizem que os Husky são estúpidos o meu é bem esperto, só de ouvir os outros aprende logo!!!!

5 comentários:

Luis disse...

Bela prenda!! É sem duvida uma boa campainha, mas as vezes não te sentes um pouco presa, tipo queres ir uns dias para fora e depois como é com a comida ou isso? Se calhar devia arranjar um cão/companheiro…

Cocas disse...

Na altura que fiquei com ele morava sózinha e andava sempre cheia de preocupações...depois voltei para casa da minha mãe e já não tenho essas preocupações todas..:)

Luis disse...

Realmente, se calhar ter um cão agora era porreiro para mim..
Acho que uma das coisas que mais gostava de fazer se tivesse um cão era aproveitar aqueles primeiros dias de sol em que ainda não anda ninguém na praia para ir até lá para ele andar lá a correr à maluca…

Cocas disse...

Mas não te esqueças que só não é porreiro "agora"...Tenho também três cães que me acompanham desde os meus 14 anos...se realmente pensares em ter um, não te esqueças que é como se fosse "filho", pois passa a ser mais um membro da familia que necessita de todos os cuidados como uma pessoa...

Luis disse...

Essa é uma das minhas preocupações. Eu costumo afeiçoar-me rapidamente e depois se lhe acontece alguma coisa má, é como tu dizes, é como um membro da família...